Gabriela Ruivo Trindade

Gabriela Ruivo Trindade nasceu em Lisboa em 1970. Formou-se em Psicologia e trabalhou como psicóloga e formadora profissional até 1999. Vive, desde 2004, em Londres.

É autora dos blogues Far Far Awaye Gaby Crafts(gabycrafts.blogspot.com). Em 2011, o seu texto Uma Mulher de Palavrafoi o primeiro vencedor do Desafio de Escrita – Micronarrativas, promovido pela ecO – Associação Cultural de Leiria e posteriormente publicado no jornal Região de Leiria. Em 2013 venceu o Prémio Leya com o seu primeiro romance, Uma Outra Voz, que foi posteriormente distinguido com o Prémio PEN Clube Português para Primeira Obra (ex-aequo).

Em 2016 publicou o conto infantil A Vaca Leitora (D. Quixote). Participou na I Antologia de Poetas na Diáspora (Oxalá Editora, 2016) e na colectânea de contos da emigração Homens Que Sofrem de Sonhos (Oxalá Editora, 2018).

É directora da Miúda Children’s Books in Portuguese, uma livraria online sediada no Reino Unido, especializada em literatura infanto-juvenil escrita em português.

mais informações no site da autora: http://gabrielaruivo.blogspot.com/ 


Prémio Primeira Obra do P.E.N. Clube Português 2015

Prémio LEYA 2013

João José Mariano Serrão foi um republicano convicto que contribuiu decisivamente para a elevação de Estremoz a cidade e o seu posterior desenvolvimento. Solteiro, generoso e empreendedor como poucos, abriu lojas, cafés e uma oficina, trouxe a electricidade às ruas sombrias e criou um rancho de sobrinhos a quem deu um lar e um futuro. É em torno deste homem determinado, mas também secreto e contido, que giram as cinco vozes que nos guiam ao longo destas páginas, numa viagem que é a um tempo pessoal e colectiva, porque não raro as estórias dos narradores se cruzam com momentos-chave da história portuguesa. Assim conheceremos um adolescente que espreitava mulheres nuas e ria nos momentos menos oportunos; a noiva cujos olhos azuis guardavam um terrível segredo; um jovem apaixonado pela melhor amiga que vê a vida subitamente atravessada por uma tragédia; a mãe que experimentou o escândalo e chora a partida do filho para a guerra; e ainda a prostituta que escondia documentos comprometedores na sua alcova e recusou casar-se com o homem que a amava. Por fim, quando estas vozes se calam, é tempo de ouvirmos o protagonista através de um diário escrito noutras latitudes e ressuscitado das cinzas muitos anos mais tarde.
Baseado em factos reais, Uma Outra Voz é uma ficção que nos oferece uma multiplicidade de olhares sobre a mesma paisagem, urdindo a história de uma família ao longo de um século através das revelações de cada um dos seus membros, numa interessante teia de complementaridade.